Canos curtos e precisão

jardimgj
Mensagens: 98
Registrado em: 04 Out 2013, 08:34

Canos curtos e precisão

Mensagem por jardimgj »

Olá a todos

Frente a várias exposições e afirmações sobre a falta de precisão em canos de menor comprimento, resolvi tecer alguns comentários.
A precisão de um projétil se alicerça em alguns fatores específicos e o comprimento do cano não é um deles.
O equilíbrio entre peso, diâmetro, material de que é feito, comprimento do projétil e velocidade na saída do cano é que ditam a precisão da munição.
Se a munição em questão for disparada de um cano de 5 ou 2 polegadas e a velocidade conseguida nos dois casos estabilizá-la, a precisão será igual.
Vou citar dois fatos para ilustrar o que afirmei:
1º) O projétil comum do 5,56 X 45 é de 55 grains (um grain = 0,06 gramas) e o mais moderno é de 62 grains. O passe do mais leve sempre foi 1X12" e por acréscimo de meras 1/2 grama passou, para ser estabilizado de modo ideal, a um passe de 1X7";
2º) Dois grandes nomes do tiro norte americano tem no YouTube vídeos de uso de um revólver S&W de duas polegadas disparado a 200 jardas (+- 180 metros). Bob Munden disparou-o de modo convencional e Jerry Miculek, não contente, disparou-o de cabeça para baixo. Ambos com precisão em alvos que não eram maiores que um tórax humano.
Um fator, e este sim é o importante, que provoca erro no disparo de uma arma curta é a pequena distância entre massa e alça de mira e muitas vezes sua precária visibilidade/utilidade haja vista dimensões diminutas. Um erro de alinhamento não é facilmente perceptível o que provoca espalhamento dos impactos.
Por derradeiro peço aos colegas prestarem atenção sobre comentários da pistolas SC (Super compactas) da Imbel, que possui cano de 85 mm, nos quais citam com admiração que a arma apesar do pequeno cano é muito precisa !?

Avatar do usuário
Daniel Ribeiro
Mensagens: 279
Registrado em: 30 Set 2013, 18:58
Localização: Osasco, SP
Contato:

Re: Canos curtos e precisão

Mensagem por Daniel Ribeiro »

Eu sempre achei que fosse isso mesmo: Tamanho do cano pouco tem a ver com a precisão do disparo, e que a precisão era prejudicada pela distância entre a alça e massa de mira.

Mas o que é inegável é o seguinte:
- Cano maior deixa a arma mais pesada, portanto, ela sofre menos recuo, e por consequência, é mais fácil de atirar repetidas vezes com um agrupamento melhor.
- Cano maior, em pistolas, aumenta um pouco (POUCO) a pressão do disparo, então a tendência é que o projétil saia com mais velocidade do cano. Sendo mais rápido, ele vai cair menos (trajetória será mais plana), e portanto, mais preciso em distâncias maiores ele será.
- Cano maior obviamente faz com que a alça e massa de mira fiquem mais distantes uma da outra, o que facilita focalizar o alvo, a alça e a massa ao mesmo tempo... Eu que sou praticamente cego sinto bem isso... hehehe

Ótimo texto!
Imagem

Erick Tamberg
Mensagens: 655
Registrado em: 09 Jun 2016, 13:50

Re: Canos curtos e precisão

Mensagem por Erick Tamberg »

Esse debate só tem sentido se estabelecermos para qual finalidade queremos precisão: defesa, caça ou tiro esportivo?

Um "oito" pode ser desastroso numa prova de precisão, mas ainda causaria um ferimento sério num adversário em uma situação de combate.

Um macete é calcular o "fator de precisão" que se consegue obter com cada arma. O cálculo é simples: divida a distância de tiro pelo tamanho do agrupamento que você consegue fazer àquela distância.

Um fator de precisão de 100 (ex: agrupamento de 10 cm a 10 metros, ou 15 cm a 15 metros) é razoável para tiro de defesa, mas desastroso para tiro esportivo. Pessoalmente, começo a me preocupar quando meu fator fica inferior a 150.

Para carabinas de ar com mira aberta, por exemplo, adoto o fator 500 como parâmetro.

Rasec357
Mensagens: 1
Registrado em: 17 Set 2019, 22:20

Re: Canos curtos e precisão

Mensagem por Rasec357 »

Alguém por favor sabe a característica técnica do .357 Silver?

Avatar do usuário
Rock Shooter
Mensagens: 259
Registrado em: 07 Out 2013, 09:01
Localização: São Paulo

Re: Canos curtos e precisão

Mensagem por Rock Shooter »

Rasec357 escreveu:Alguém por favor sabe a característica técnica do .357 Silver?
Acredito que a CBC não produziu a munição Silver no calibre 357.

As munições que são vendidas atualmente pela CBC no calibre .357 são as seguintes:
- .357 Mag EXPP 158gr - Expansiva Ponta Plana - Para caça.
- .357 Mag EXPO 158gr - Expansiva Ponta Oca - Uso defensivo.
- .357 Mag CSCV 158gr - Chumbo Semi Canto Vivo - Para treino.
ΜΟΛΩΝ ΛΑΒΕ - Venha e leve!!!

Imagem

epistola
Mensagens: 6
Registrado em: 13 Out 2019, 15:47

Re: Canos curtos e precisão

Mensagem por epistola »

Daniel Ribeiro escreveu:Eu sempre achei que fosse isso mesmo: Tamanho do cano pouco tem a ver com a precisão do disparo, e que a precisão era prejudicada pela distância entre a alça e massa de mira.

Mas o que é inegável é o seguinte:
- Cano maior deixa a arma mais pesada, portanto, ela sofre menos recuo, e por consequência, é mais fácil de atirar repetidas vezes com um agrupamento melhor.
- Cano maior, em pistolas, aumenta um pouco (POUCO) a pressão do disparo, então a tendência é que o projétil saia com mais velocidade do cano. Sendo mais rápido, ele vai cair menos (trajetória será mais plana), e portanto, mais preciso em distâncias maiores ele será.
- Cano maior obviamente faz com que a alça e massa de mira fiquem mais distantes uma da outra, o que facilita focalizar o alvo, a alça e a massa ao mesmo tempo... Eu que sou praticamente cego sinto bem isso... hehehe

Ótimo texto!

Olá, sou novo por aqui e sou novo no tiro esportivo. Embora eu já tenha 47 anos de idade, fiz meus primeiros disparos no ano passado (12 outubro 2018), 20 disparos no stande. No último dia 29 setembro realizei 16 disparos. Gostei de atirar, mas o que realmente me cativou foi o sistema mecânico de disparo e remuniciamento (nem sei se pode chamar assim) semi-automático das pistola.
Considero o tal do Browning um gênio, pois ele praticamente deu a palavra final sobre rearmento de pistola. As ideias que ele desenvolveu para projetar a M1911 são coisa de mago.
Mas, focando no tema, me parece natural que esse tópico tenha tão poucos comentários, posto que a questão é extremamente técnica, fugindo da alçada da maioria dos membros. Gostei muito dos comentários do Daniel Ribeir que citei aqui.

Um abraço

Ricardo HI
Mensagens: 16
Registrado em: 23 Set 2019, 12:30

Re: Canos curtos e precisão

Mensagem por Ricardo HI »

Perfeitos os comentários do Daniel Ribeiro. Embora em termos de leis da física a precisão não tenha relação direta com os comprimentos de canos utilizados na prática de tiro esportivo, caça ou defesa, esta tem bastante influência do comprimento do cano e, consequentemente, da distância alça/massa de mira. O Erick teceu comentários bastante pertinentes também. A distância entre alça e massa ajuda a diminuir o erro de angulação no disparo, já que o erro maior não é da potência ou comprimento do cano da arma, e sim, é dependente da visada do atirador, visada essa que é bastante influenciada pelo aparelho de mira. O fato de lendas vivas como o J Michulek fazerem disparos tão precisos com armas curtas só corrobora com o que foi dito aqui. As dificuldades de agrupamento dependem mais daquela pecinha que segura a arma do que do comprimento do seu cano. E aquela pecinha que segura a arma tem seu trabalho facilitado por um bom aparelho de mira kkkkk.
CAC/2RM. For all those killed by a .380 shot: wake up, you're not dead. A .380 is a useless "gun".

epistola
Mensagens: 6
Registrado em: 13 Out 2019, 15:47

Re: Canos curtos e precisão

Mensagem por epistola »

Olá, gente.

Li e estudei sobre esse tema. Acabei formando uma opinião e vou expor aqui para avaliar se está correto meu entendimento.

Vou fazer uma comparação prática entre dois modelos de pistola de comprimentos diferentes, mas com a distância entre massa e alça de mira muito semelhantes.

1. Imbel MD1
Comp. total... 194mm - Comp. do Cano.....108mm - Dist. entre massa e alça...135mm
2. Taurus G2c
Comp. total... 160mm - Comp. do Cano..... 83mm - Dist. entre massa e alça...135mm

Na questão precisão, sei que algumas pessoas podem falar: depende do atirador, depende da situação... Mas não é isso que eu gostaria de avaliar, e sim as propriedades desses dois modelos quanto à precisão.

É correto afirmar que esses dois modelos apresentam uma precisão muito semelhante?

Agradeço, de antemão, aos comentários.

Um caloroso abraço

Responder