Duvida de substituicao 7,63 mauser

rafapoint
Mensagens: 6
Registrado em: 05 Jul 2019, 14:22

Duvida de substituicao 7,63 mauser

Mensagem por rafapoint »

Ola pessoal,

Estou com uma luger em calibre 7,63 x 25 famoso 7,63 mauser.
Mas esse calibre e rarissimo no brasil e raro tambem fora.
Vi que e muito parecido com a 9mm alguem sabe se existe algum calibre existente
No brasil que posso usar sem danos a arma ? Meio como o que contece com o 257 e o 38 ?

Obrigado !

Avatar do usuário
raubvogel
Mensagens: 420
Registrado em: 22 Abr 2016, 15:16

Re: Duvida de substituicao 7,63 mauser

Mensagem por raubvogel »

Primeiro, 7,63 Mauser != 7,65 Luger (7.65×21mm Parabellum, https://en.wikipedia.org/wiki/7.65%C3%9721mm_Parabellum).

O calibre não é tão raro fora do Brasil; Privi Partizan vende este calibre.

Ele não é similar ao 9mm, ele é o pai do 9x19. Se não puder importar a munição, veja o preço dos dies (Lee vende eles) e cartuchos vazios (brass). Existem tabelas usando balas para 32 ACP (mesmo diametro, mas 93gr vs 73gr).

rafapoint
Mensagens: 6
Registrado em: 05 Jul 2019, 14:22

Re: Duvida de substituicao 7,63 mauser

Mensagem por rafapoint »

Obrigado !

Talvez entao possa usar o .32acp ? E isso que entendi ?

Abraco,

Avatar do usuário
raubvogel
Mensagens: 420
Registrado em: 22 Abr 2016, 15:16

Re: Duvida de substituicao 7,63 mauser

Mensagem por raubvogel »

Voce pode usar a bala do .32acp devido ao diametro, mas o cartucho é completemente diferente. Bala != Cartucho .32 acp é cartucho reto com diametro e menor que .380 ACP; 7,65 é garrafinha cujo cartucho tem o mesmo diametro que 9x19. Misturar eles resulta em vida ficar altamente
excitante.

7,63 Mauser em cima, 7,65 Luger embaixo:
Imagem

.32ACP/32 Auto
Imagem

Erick Tamberg
Mensagens: 655
Registrado em: 09 Jun 2016, 13:50

Re: Duvida de substituicao 7,63 mauser

Mensagem por Erick Tamberg »

O primeiro passo é verificar o estado do raiamento. Um problema que você pode encontrar é o raiamento desgastado. Houve munições para esse calibre produzidas com projétil encamisado em aço, que desgastavam rapidamente o raiamento. Se o cano estiver com o raiamento comprometido, nem vale a pena prosseguir atrás de insumos de recarga.

Esse calibre ainda é muito comum na Itália, onde o calibre 9mm Luger é "de uso militar". Pistolas como a Walther P-38 e a Browning Hi-Power tiveram versões em 7,65mm Parabellum para o mercado civil italiano.

A conversão de outros estojos para o 7,65mm Parabellum (.30 Luger) é um pouco trabalhosa. Soube de pessoas que o fizeram a partir do .38 Super Auto e até mesmo do .38 SPL. Não dá para partir do 9mm Parabellum, já que esse estojo é 2mm mais curto.

Quanto aos projéteis, consta que a Lyon Bullets produz projéteis de diâmetro e massa adequados para esse calibre.

Os projéteis do 7,65mm Browning (.32 Auto) não são os mais adequados por serem muito leves. Em termos de massa, os destinados ao .32 S&W Long (de revólver) são mais adequados, embora, por serem de chumbo, não sejam os melhores para as altíssimas velocidades desse calibre.

Há quem recarregue usando os do .30 Carbine (M1).

Boa sorte!

Responder