Diferença entre pistola de competição e de defesa

Dudjin
Mensagens: 2
Registrado em: 27 Ago 2019, 12:32

Diferença entre pistola de competição e de defesa

Mensagem por Dudjin »

Bom dia! Gostaria de saber a diferença prática entre as pistolas de competição e as de defesa. E se uma pistola de competição pode ser igualmente usada em defesa de maneira efetiva.
Muito obrigado

Erick Tamberg
Mensagens: 655
Registrado em: 09 Jun 2016, 13:50

Re: Diferença entre pistola de competição e de defesa

Mensagem por Erick Tamberg »

De modo simples:

Uma arma esportiva vai ter um uso bem mais intenso. Então, robustez e precisão são características mais importantes.

Uma arma de defesa, na prática, é muito portada e pouco utilizada. Leveza e portabilidade são fatores desejados, que, porém, podem ser prejudiciais numa arma esportiva.

Uma arma compacta e leve não terá a precisão necessária para uso esportivo e, talvez, nem a resistência necessária para um grande consumo de munição. Mas será fácil de portar, terá precisão suficiente para um alvo a curta distância (situação típica de defesa) e mais rápida de sacar.

Por outro lado, uma arma esportiva poderá ser excessivamente volumosa e pesada para ser portada de forma dissimulada.

Erick Tamberg
Mensagens: 655
Registrado em: 09 Jun 2016, 13:50

Re: Diferença entre pistola de competição e de defesa

Mensagem por Erick Tamberg »

Quanto à segunda pergunta:

Sim, mas com ressalvas.

O uso de uma arma esportiva em situação de defesa vai depender de vários fatores: se não precisar ser sacada de uma posição dissimulada, é igualmente (ou até mais) eficiente.

Além do tamanho, o problema está em alguns acessórios aplicados a determinadas armas esportivas, que a tornam impraticável para uso defensivo (como as pistolas da categoria 'Open" de Tiro Prático). Mesmo algumas miras destinadas a tiro de precisão podem se enganchar na roupa no momento do saque.

Avatar do usuário
Rock Shooter
Mensagens: 259
Registrado em: 07 Out 2013, 09:01
Localização: São Paulo

Re: Diferença entre pistola de competição e de defesa

Mensagem por Rock Shooter »

Complementando o que o Erick disse,
as armas de defesa e de esporte são usados para dois propósitos diferentes, porém é possível fazer um intercâmbio entre as duas funções.

As armas possuem características básicas:
Confiabilidade - É a probabilidade de falhas da arma. Armas com grande confiabilidade falham o mínimo possível, ou nunca falham (a arma). Aqui não conta a falha da munição.
Precisão - É a capacidade de fazer agrupamentos pequenos nos alvos. (Na verdade é mais abrangente e complexo que isso)
Poder de fogo - Além da energia cinética do calibre, envolve a energia cinética que é entregue ao alvo a uma certa distancia. É o maior alcance com maior energia.
Velocidade - É a capacidade de recuperação da mira a cada disparo efetuado. Também envolve a velocidade para se fazer a recarga da arma.
Compactidade - Tem a ver com as dimensões da arma. Quanto mais compacta, discreta e confortável, melhor para o porte.
Robustez - Numa linguagem simples, é a capacidade de aguentar porrada!! Seja um carro passando por cima ou uma munição +P++!

Armas de defesa (ou porte):
As armas para porte priorizam a confiabilidade e a compactidade, ao custo da velocidade e precisão. São armas com cano entre 2" e 4" (polegadas). Devem ser pequenas e confortáveis de se portar, considerando o seu porte ao longo de todo o dia. Estas são mais leves em favor da compactidade e em detrimento da robustez. Geralmente não suportam munições +P+.

As armas de serviço (militar/polícia) priorizam a confiabilidade e o poder de fogo, ao custo da compactidade. São armas com canos de 4" ou 6" (ou mais), para conferir maior energia cinética aos projéteis, além de maior alcance. Estas armas são ruins para o porte dissimulado, mas boas para deixar na defesa residencial, principalmente com miras que brilham no escuro, ou uma lanterna embutida. O cano dessas armas são mais robustos e suportam munições +P+.

Uma arma de defesa deve ser confiável em condições adversas, como calor, frio, chuva e sujeira, por isso, essas armas possuem folgas maiores nas partes móveis. Isso faz com que estas armas possam ficar mais tempo sem limpeza.

Para evitar acidentes, o gatilho da arma é bem pesado (de 1,5 a 4 Kg). Deixar uma arma de porte com o gatilho muito leve, fatalmente poderá resultar em um acidente.

As munições de defesa tem mais pólvora, portanto possuem um coice mais acentuado. O objetivo é garantir uma maior energia cinética do projétil.

As pistolas de defesa podem ser utilizadas em competição do tipo IDSC (Tiro Defensivo), desse modo, o proprietário da arma exercita situações que acontecem na vida real, como tiro sentado, tiro barricado (protegido), dirigindo (...) entre outras situações.

Utilizar uma arma de porte no IPSC (Tiro Prático) vai levá-lo a ter uma pontuação ruim, ou ter que treinar mais para melhorar a pontuação.

Armas de Competição:
As armas para tiro de precisão, priorizam a precisão acima de tudo, às custas de tudo.

As armas de “corrida” (IPSC) priorizam a velocidade de tiro e da recarga, ao custo da compactidade. Possuem canos grandes, carregadores alongados, grandes teclas de liberação do carregador, enormes funis para recarga, além de miras grandes, pontiagudas e até mesmo frágeis. Tudo isso atrapalha o porte e principalmente o saque.

As armas de competição não precisam ser confiáveis, seu projeto confere folgas bem apertadas nas partes móveis. Isso deixa a arma mais sólida nas mãos, além de melhorar a precisão dos disparos. Esta característica, exige que a arma seja limpa cada vez que for utilizada. Porém tem maior robustez pois podem ser mais pesadas, além de suportar munições +P+.

Para garantir tiros mais precisos o gatilho é bem leve (800 a 200 gramas).

As munições esportivas tem menos pólvora, portanto possuem um coice mais doce, para melhorar a recuperação da mira.

Normalmente, as armas de competição são inviáveis para o porte, exceto para o porte ostensivo (policiais). Mas podem ser utilizadas para a defesa residencial. Por outro lado, algumas pessoas adquirem armas de porte e as reconfiguram para o esporte, utilizando a mesma arma para as duas funções.

Um Alerta quanto ao tiroteio real:
O atirador esportivo deve tomar cuidado com as regras do tiro esportivo aplicadas em um tiroteio real, pois podem resultar em catástrofe para ele mesmo.
As quatro regras do tiro na rua são menos exigentes, mas podem ser aplicados no stand de tiro, mas o cumprimento de todas as 300 regras do tiro esportivo poderão levar o atirador esportivo a óbito!! São doutrinas muito diferentes, para aplicações muito diferentes.
Nos EUA as academias militares e de polícia já corrigiram isso (depois de muitas mortes evitáveis), mas por aqui, ainda ensinam os policiais com as regras para stand de tiro (exceto grupos de operações especiais).

Se você estiver curioso, em português, o Marcelo Esperandio explica de forma bem simples em um vídeo do YouTube... digite no Google [REGRAS DE SEGURANÇA "Estande X Realidade"].

As regras para um tiroteio podem ser resumidas em:
1) disciplina de gatilho. O dedo fora do gatilho. O dedo só vai ao gatilho no momento do disparo.
2) controle de cano. Nunca aponte para algo que você não quer atirar.
3) trate a arma como se sempre estivesse carregada, sempre.
4) arma em condições seguras... de acordo com as características de sua arma e o nível de porte que você escolheu (0, 1 ou 2).

Somente lendo aqui, você poderá compreender, porém sem treino, não irá consolidar as informações em sua mente, como qualquer regra de tiro, exige treinamento.
ΜΟΛΩΝ ΛΑΒΕ - Venha e leve!!!

Imagem

Dudjin
Mensagens: 2
Registrado em: 27 Ago 2019, 12:32

Re: Diferença entre pistola de competição e de defesa

Mensagem por Dudjin »

Muito obrigado. Esclareceram bastante.

Avatar do usuário
raubvogel
Mensagens: 420
Registrado em: 22 Abr 2016, 15:16

Re: Diferença entre pistola de competição e de defesa

Mensagem por raubvogel »

A unica coisa que eu poderia adicionar é um ditado Americano: cada bala que sai da sua (cidadão) arma vem com um advogado (contra voce).

Responder